Na busca desta premissa, o relatório sobre a Internet das Coisas foi publicado recentemente.

O documento faz parte de um estudo intitulado “Internet das Coisas: um plano de ação para o Brasil”, liderado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). O mesmo é o resultado de Workshops e entrevistas com com diversos especialistas na área e seu objetivo é propor um plano de ação estratégico para o país na área.

O plano apresentado no relatório está dividido em quatro fases, sendo elas:

  • Diagnóstico geral e aspiração para o Brasil: obtenção de uma visão geral do impacto de IoT no Brasil, entendimento das competências de tecnologia da informação e comunicação (TIC) do país e definição de aspirações iniciais para IoT.
  • Seleção de verticais e horizontais: definição de critérios-chave para seleção e priorização de verticais e horizontais.
  • Aprofundamento e elaboração de Plano de Ação (2018-2022):aprofundamento nas verticais escolhidas, elaboração de visão para IoT para cada vertical e do Plano de Ação 2018-2022.
  • Suporte à implementação: apoio à execução do Plano de Ação 2018-2022

O relatório publicado, representa o capítulo referente ao aprofundamento das verticais priorizadas na Fase II e apresenta o detalhamento tecnológico das aplicações de IoT na Saúde, analisando as tecnologias com capacidade de atender os requisitos dessas aplicações para destacar soluções relevantes para o desenvolvimento de IoT no país.

Para acessar o documento completo, clique aqui

Fonte: http://www.abtms.org.br/